(11) 3316-1122
Escolha uma Página
Hospital realiza sonho de paciente com câncer terminal de ver o mar pela última vez

Hospital realiza sonho de paciente com câncer terminal de ver o mar pela última vez

Os funcionários do hospital não mediram esforços para realizar o sonho do paciente em fase terminal de sentir novamente a brisa do mar.

Enfrentando um câncer em estágio terminal, o motorista Luciano Barros, 43 anos, de Piracicaba, São Paulo, não pensou duas vezes na sua resposta quando a equipe de Cuidados Paliativos do Hospital Santa Casa de Piracicaba perguntou qual seria o seu desejo ao lado da família: ver o mar pela última vez!

Os funcionários do hospital se reuniram e juntamente com a Comissão Interna de Cuidados Paliativos, decidiram realizar o sonho do seu Luciano! Pegaram a estrada com a família no dia 24 de agosto e partiram para o Litoral Sul.

“Precisamos falar sobre o estágio de metástase da doença para a famílias e explicar que, naquele momento, o lugar dele não era no hospital, mas ao lado de sua família para aproveitar todos os momentos”, afirmou a médica Astrid Giorgia Machini Zanatta, que embarcou na realização deste sonho.

A médica também relatou que, o Luciano estava tão alegre com a notícia de que poderia ir à praia, que outros funcionários do hospital toparam ajudá-la. Ela conversou com o enfermeiro Devandro, que se propôs a ir também e prontamente comunicou a psicóloga Paula Maia e a administração do Hospital.

Toda a viagem foi feita com o acompanhamento médico, já que o estado de saúde do Luciano é muito delicado. Acompanhou ele, além da equipe médica, a esposa e os filhos, todos muito emocionados.

“Quando soube que o problema dele era o medo, chamei sua esposa Claudineia e me propus a trocar meu plantão para acompanhá-lo à praia”, contou Astrid.

“Para nós era quase impossível realizar, pelo medo de acontecer algo, por ele estar em um momento delicado. Vocês deixarem sua casa, sua família para realizar esse sonho, deste paciente tão querido para vocês, e foi a Equipe Médica, enfermeiro chefe, psicóloga com o tratamento muito especial, exclusivo. Vocês são maravilhosos!”, escreveu a filha do Luciano, Bruna Barros em publicação de agradecimento à equipe do hospital.

A felicidade do Luciano era tanta, que no mesmo dia, não sentiu náuseas e nem dores. Estava radiante!

“Como profissional, digo que foi enriquecedor em termos técnicos; como ser humano, digo que essa foi uma das maiores emoções que senti na minha vida”, afirmou o enfermeiro Devandro.

“Estamos ainda mais convictos de que cuidados paliativos não envolvem apenas os momentos das notícias ruins; mas também de amor, carinho, compreensão e acolhimento ao paciente e seus familiares”, concluiu a psicóloga Paula Maia.

Que emoção! Temos certeza de esse dia será inesquecível para todos! <3

Fotos: Reprodução/Facebook Bruna Barros

Cliente faz pedido de pizza e recebe mensagem para coroar o reencontro com amigos da escola

Cliente faz pedido de pizza e recebe mensagem para coroar o reencontro com amigos da escola

O Customer Success Alisson Julio fez um pedido de duas pizzas pelo IFood, em Joinville (SC). A surpresa ao abrir as caixas foi grande! Não foi o fato da pizza de atum estar com cebola, que Alisson tinha pedido para tirar, mas a mensagem que estava escrita à mão na parte de dentro da embalagem.

O texto dizia: “Alisson, a pizza e a vida são mais gostosas quando saboreamos com quem amamos. Então… Aproveite essa noite linda e as pizzas, pois foram feitas com muito carinho! Boa noite!”. 

A mensagem em si já valeu uma boa experiência de atendimento. Mas ela se tornou ainda mais especial porque Alisson dividiria as pizzas com amigos da escola que não via há algum tempo. Perfeita para o momento!

“Eis que a pizzaria resolve inovar com um ‘mimo’. Sim, mensagens escritas à mão na parte de dentro da tampa da caixa. Afinal eu pedi duas pizzas família, não comeria sozinho. Isto coroou o momento, pois era um encontro de amigos de colégio que não se reuniam há dois anos”, disse o cliente satisfeito.

Várias pessoas ficaram curiosas e buscaram conhecer mais sobre a pizzaria, a Via Roma Sushis. A post chegou até a proprietária da pizzaria, que comentou: “Agradeço ao Alisson em nome de nossa empresa e por compartilhar um pouco do nosso trabalho junto aos clientes. Obrigada a todos que parabenizaram a ação. Carinho gera carinho, e isso tudo é porque… amamos o que fazemos! GRATIDÃO SEMPRE!”.

Alisson confidenciou que não gosta muito de fazer pedidos, que prefere ir aos restaurantes, apreciar o ambiente e comer algo quentinho, já que as entregas costumam atrasar e chegam frias, mas a atitude da pizzaria mudou seu pensamento sobre o serviço de delivery. 

“Superar as expectativas muitas vezes não custa nada. A mensagem na caixa é muito simples, mas é sucesso do cliente em sua essência. Focar no produto e nos processos é muito importante, mas isto é a obrigação de quem trabalha com clientes. Superar expectativas e humanização é que tornam os clientes verdadeiros fãs, e fãs são mais que fiéis fregueses, fãs são promotores de negócios”, destacou Alisson.

Você definiu bem a experiência que todo cliente deseja ter, Alisson! Parabéns à pizzaria Via Roma Sushis, que, mesmo sem saber do reencontro de Alisson com os amigos da escola, enviou uma mensagem perfeita para a ocasião!

Apaixonado por caminhões, menino autista recebe convite para visitar fábrica e ganha festa de aniversário

Apaixonado por caminhões, menino autista recebe convite para visitar fábrica e ganha festa de aniversário

Anderson Júnior é um garoto de 12 anos que tem Transtorno do Espectro Autista (TEA). Ele mora na cidade de Barra do Garças, no Mato Grosso, e é simplesmente fascinado por caminhões. 

Na semana passada, Júnior completou 12 anos e sua festa de aniversário teve tudo o que ele adora! A montadora de caminhões Iveco, da cidade de Sete Lagoas, em Minas Gerais, enviou passagens para ele e a mãe, custeou hospedagem dos dois e promoveu um passeio por todo o parque industrial da empresa. Ainda teve passeio de caminhão e festa de aniversário.

Parece que ele estava tocando o céu. Foi o melhor aniversário da vida dele, estava no lugar que ele sempre sonhou. Os olhos dele ficaram em chamas, alegria que fazia tempo que a gente não via nele”, disse a tia do menino, Mônica Marta. Foi ela que entrou em contato com a Iveco para tentar viabilizar a visita. 

“Mandei para várias empresas, mas eu jamais imaginei que eles poderiam responder, ainda mais nesse mundo de hoje que vivemos. Foi uma grande surpresa”, relatou.

Mônica conta que a paixão de Anderson Júnior por caminhões e carretas nasceu desde cedo, quando ele começou a acompanhar o pai no trabalho, que sempre trabalhou em empresas de transportes. Já aos 4 anos ele começou a desenhar caminhões, brincar com carrinhos, montar e desmontar os veículos de brinquedos. 

Inicialmente, a família considerava que o fascínio era natural da idade, mas depois eles observaram que o garoto autista aprendia muito por meio da obsessão por caminhões. 

Recentemente ele fez uma palestra na escola sobre caminhões e para nós foi uma grande vitória porque ele apresentou vários modelos e marcas e ele apresentou falando corretamente cada parte, e todo mundo ficou surpreso por ele falar em público, coisa que ele nunca fez, por ele saber tanto de caminhão e pelo avanço que atingiu através dessa paixão”, disse.

Foi a partir daí que ela decidiu fazer contato com várias empresas para tentar fazer com que o garoto conhecesse uma fábrica. A Iveco custeou tudo para a família e, além da festa, ainda disponibilizou fotógrafo profissional para registrar o momento e deu brindes para a família. 

Júnior ainda teve a sensação de acelerar um “trucado”. “Foi uma grande sensibilidade da Iveco, todo o carinho. Pra eles não foi nada. Pro meu sobrinho significou muito. Ela fez que um dia de uma criança autista fosse inesquecível”, disse Mônica.

Ainda segundo a tia, o comportamento do garoto melhorou ainda mais depois dessa experiência marcante. Ele estuda em uma escola regular, é um ótimo aluno, tira notas boas e é bastante independente. 

“Agora ele está mais radiante, está mais confiante, está mais esperançoso. Que outras empresas se sintam motivadas a fazer o que a Iveco fez. E eles não pediram nada em troca, em momento algum pediram nem sequer para divulgar. E que as mães se sintam encorajadas a sonhar pelos seus filhos”, finalizou.

Fotos: MPerez



Nubank muda fatura de enfermeira que estava de plantão e envia pra ela uma miniambulância de presente

Nubank muda fatura de enfermeira que estava de plantão e envia pra ela uma miniambulância de presente

Uma enfermeira do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) de Campina Grande, na Paraíba, teve uma grande surpresa esta semana, e não foi em nenhuma ocorrência. 

Mary Vasconcelos havia entrado em contato com a operadora de cartão de crédito Nubank para mudar a data do pagamento da sua fatura, uma vez que ela estaria de plantão durante todo o dia no Samu e não teria como efetuar o pagamento. 

O atendente fez a alteração do vencimento prontamente. Porém, dias depois, a enfermeira recebeu em sua casa uma carta escrita à mão e uma ambulância em miniatura de presente.

“Entrei em contato com eles para mudança de data e fui muito bem atendida. Pedi apenas pra mudar o dia do pagamento porque estaria de plantão no Samu e prontamente eles me enviaram a resposta. E só foi esse o contato… Dias depois, fui agraciada com uma miniatura de ambulância do Samu”, disse.

Na carta, escrita pelo funcionário Douglas, ele reconhece o quão importante é o trabalho da enfermeira e dos profissionais do Samu, e agradece pelo cuidado deles com as pessoas. 

“Sabemos que podemos contar com você e toda a sua equipe em qualquer momento”, diz a carta.

A carta diz ainda que o presente é para que a enfermeira não esqueça nunca da empresa e para que coloque a miniatura no lugar preferido da casa dela. 

“Fiquei super feliz, apaixonada pelo presentinho. Realmente não esperava, jamais ia esperar uma atitude dessa de uma empresa de cartão de crédito”, finalizou Mary.

crédito das fotos: Arquivo pessoal

Adobe renova gratuitamente plano de estudante que relatou ‘erro’ da empresa

Adobe renova gratuitamente plano de estudante que relatou ‘erro’ da empresa

A estudante do quarto ano de arquitetura, Raíssa Melo de Souza, comprou no ano passado o plano Creative Cloud da Adobe, que tem duração de um ano. Ou seja, caso não o comprasse novamente, não poderia mais usar todos os programas oferecidos. Porém, quando foi checar o sistema, apareceu que o plano estava pago por mais um ano – sem ela gastar um tostão! 

Preocupada, Raíssa entrou em contato com a Adobe para descobrir o que havia acontecido. “Eu sabia que era anual o pacote. Quando vi que estava renovado para mais um ano, eu entrei em pânico primeiro. Olhei todas as minhas contas pra conferir que não tinha sido um débito automático ou coisa assim, porque eu estou juntando dinheiro e não tinha como pagar tudo aquilo agora. Depois falei com meus pais e meu irmão pra ver se eles tinham pagado. E então entrei no site da Adobe pra ver se tinha alguma coisa”, conta.

Pelo chat da Adobe, Raíssa foi atendida pelo Hugo, que pediu seu número de telefone para que entendesse melhor o ocorrido. Conversa vai, conversa vem, foi constatado o erro e Raíssa entendeu que só conseguiria usar novamente o pacote se o comprasse.

O que é justo é justo. Eu estava bem chateada de não poder pagar por mais um ano, mas não era justo ficar com algo que não paguei. É a mesma coisa de usar software pirata. Sei que alguém se esforçou muito pra fazer aquele software e tem o seu custo. É um custo realmente alto e inacessível para muita gente, mas é o custo”, afirma.

De fato, não era justo, mas a honestidade de Raíssa fez tudo ser diferente. “Ele falou que apesar do erro, eles decidiram não cancelar o pacote e me deixar utilizar por esse ano todo. E agradeceu pela minha honestidade, dizendo que precisamos de mais pessoas assim no mundo”, revela.

Softwares como Photoshop e InDesign são os queridinhos de Raíssa, que graças ao novo plano vai poder se aperfeiçoar no Illustrator e se arriscar nos programas de vídeo que o pacote oferece, tudo o que ela mais quer hoje!

O bacana é que, quando perguntada se outras pessoas teriam uma atitude igual a dela, Raíssa não hesitou: “Eu acredito sim que mais pessoas poderiam ter essa mesma atitude. Não acredito que sejam todas as pessoas, mas muita gente sim”.

Pra fechar, Raíssa entende que hoje todos precisamos compartilhar coisas boas em vista de tanta coisa ruim que vemos diariamente.

Marca comete erro com cliente e encanta com pedido especial de desculpas

Marca comete erro com cliente e encanta com pedido especial de desculpas

Um pequeno mal-entendido estremeceu a relação da Indhira e marca de chás naturais Desinchá. Tudo por causa de um sorteio que a marca fez no stories do Instagram, esquecendo-se de publicar no feed, o que impossibilitou muitos seguidores de participar. Indhira informou o perfil sobre o problema, mas quem a respondeu parecia não estar em um bom dia, respondendo a cliente de maneira grosseira.

A coordenadora do customer success da marca, Bianca Holanda, recebeu mensagens do Gerente de Marketing, Rodrigo, relatando o que tinha acontecido. “Inacreditavelmente e sem nenhuma razão, uma de nossas equipes respondeu ao feedback dela exatamente como nunca o faríamos, fugindo completamente dos nossos padrões e, claro, deixando a Indhira completamente frustrada e insatisfeita conosco”, relatou Bianca em uma postagem no LinkedIn.

Indhira ainda teria enviado um e-mail ao atendimento da Desinchá demonstrando uma profunda decepção pela forma como foi atendida.

“Imediatamente, o Gerente procurou o meu time de Sucesso do Cliente para entender o que havia acontecido, entender porquê a Indhira havia sido respondida daquela forma totalmente grosseira e pedindo ajuda para fidelizarmos a cliente novamente”, conta Bianca.

Bianca e o seu time levantaram um histórico sobre a Indhira e descobriram que ela fã da Desinchá há quase um ano, praticamente uma ‘advogada’ da marca. Em seguida, Bianca ligou pessoalmente para pedir desculpas à Indhira e garantir estavam sendo tomadas as medidas para identificar quem respondeu sua mensagem sem o menor respeito.

“Eu, em nome do time de Experiência do Cliente e o Gerente de Marketing, em nome de toda a nossa equipe de Social Media, nos desculpamos profundamente, explicamos que a mensagem recebida foge completamente dos nossos padrões de relacionamento com o cliente, e que já estávamos tomando as ações internamente para identificar quem respondeu tal mensagem. Além disso, deixamos claro o nosso comprometimento com a experiência dos nossos consumidores, garantimos que tal feito nunca mais se repetiria e demos um spoiler de que em breve chegaria na casa dela um kit completo da marca – com todos os produtos e brindes da Desinchá.”

Mas Bianca ainda não se se sentia confortável com tudo o que tinha acontecido. Não bastava seguir os ‘protocolos’ do que deveria ser feito para resolver aquele terrível erro. Foi então que ela teve a ideia de fazer algo especial. Muito mais do que só ligar para Indhira pedindo desculpas ou enviar produtos da marca pra casa dela.

“E foi aí que pesquisei tudo sobre a Indhira – o que ela gostava (além do Desinchá), o que fazia, como deveria ser o dia-a-dia dela… Vi que ela adora flores, e resolvi enviar um buquê de flores como um pedido de desculpa, seguido com um poema escrito com muito carinho pelo nosso Gerente de Marketing: 

‘Somos nós uma empresa que se preocupa de verdade

Já ligamos pra você, mas bateu uma saudade

Sentimento é verdadeiro, não nos cabe uma mentira

Queremos você por perto, nos perdoe cara Indhira

As flores aqui são belas como um novo amanhã

Percebemos que parou de nos seguir no Instagram

Aqui vai uma lembrança pra reatar nosso romance

Bora lá desinchamiga, dá uma segunda chance?”’

E não é que a empresa, fugindo do óbvio, conseguiu tirar mais do que um sorriso de Indhira? Em seguida, a cliente publicou uma foto das flores com o poema em seu stories no Instagram, marcando ela, o Instagram da Desinchá e um dos sócios, agradecendo a surpresa.

Segundo Bianca, Indhira até revelou que as flores combinaram com seu papel de parede. Felizmente, o erro havia sido reparado com sucesso a partir de uma ideia totalmente diferenciada e que conseguiu tocar a consumidora. Segundo ela, o desafio do Robson da Encanto sobre encantar clientes, que aconteceu depois do problema com Indhira, reforçou tudo o que ela e seu time já vinham fazendo. “O desafio do Robson reforçou e nos deu mais ferramentas para replicar esta essência em outros casos também”, conta.

E olha que essa não é a primeira vez que a Desinchá encanta seus clientes. “Os nossos clientes não são apenas consumidores, e sim nossos amigos (ou #desinchamigos, para os mais íntimos haha)”, revela Bianca. A marca não deixa a escapar a oportunidade de encantar os #desinchamigos diante do um feedback negativo. Não é à toa que o envio de brindes e de cartas escritas à mão e enviadas para o cliente seja algo bastante comum dentro da empresa.

“Enxergamos os nossos clientes como amigos. Entendemos que o cliente não é o centro do negócio, é a razão do negócio. A essência de foco no cliente está presente desde o surgimento da Desinchá, que desde então foi transmitida através dos sócios Eduardo Vanzak e Lohran Schmidt. A nossa missão é mostrar que saúde é ser simples, e apresentar um estilo de vida leve e saudável aos nossos consumidores. Essa leveza e simplicidade é transmitida sempre, inclusive no nosso atendimento e relacionamento com o cliente”, afirma Bianca.

“Ações como essa fazem as pessoas acreditar que as marcas também podem ser humanas, podem ultrapassar as barreiras do online e surpreender no mundo offline também. Não há nada melhor do que ser bem atendido e, mais que isso, ser surpreendido pela pessoa que está do outro lado, sendo a ponte entre a marca e o consumidor. Sem dúvidas, ações como essa podem trazer mais felicidade e leveza para o dia das pessoas!”, conclui.