Como entregar uma experiência genuína ao seu cliente se ele é apenas um custo para sua empresa?

Esse tipo de mentalidade do empreendedor, pode colocar o seu negócio a perder, e se ele não começar a enxergar quem dá as cartas nesse jogo, ele pode ficar de fora, chupando o dedo.

Quando vemos nosso cliente como um custo ao invés de um investimento em nosso próprio negócio, estamos fadados ao fracasso ou a mediocridade. E é nessa área que muitas empresas estão agora, nadando e morrendo na praia.

Ao iniciar um negócio, o empreendedor precisa saber e reforçar sempre ao seu time que o cliente é o centro do negócio, e quem sem ele não haveria a empresa. Ele é o maior tesouro que a empresa possui.

O Cliente é um forte aliado na construção de uma experiência surpreendente. Ele te dará o caminho das pedras, se você pedir, claro. Afinal, quem melhor para lhe dar feedback sobre a experiência do que quem a recebe?

Se você começar a tratá-lo como o bem valioso que ele é, juntos formarão uma parceria de sucesso. E é isso que muitas empresas ainda não entenderam, que o cliente é parceiro e não inimigo (se você assim o tratar). Quando ele sente seu valor, se torna um promotor da marca, e falará bem dela sempre que preciso

Analise junto ao seu time a atual experiência que estão levando. Ela é satisfatória? O seu cliente elogia ou só reclama? Quando foi a última vez que pediu um feedback a ele ?

Surpreenda, peça sugestões e opiniões sobre o que você tem oferecido ao consumidor do seu produto/serviço. Ouça atentamente o que ele tem a dizer, e debata com seu time o que pode ser feito, melhorado ou mantido.

Sem dúvidas, há muito a ser dito visto de outro ponto de vista, que é o de quem compra. E temos certeza de que ele está esperando esse momento, em que ele será ouvido e visto. Hoje, é o cliente quem dita as regras, se a empresa não se ajustar, ela é quem perde.

Fique atento, pois esses feedbacks podem gerar vários insights que darão um Up na sua operação e irão gerar uma experiência encantadora.

Em posse das informações, é possível redesenhar o processo e adaptar às reais necessidades do cliente, afinal é essa que precisa ser atendida, não é mesmo? Não se esqueça que um cliente desencantado só fala do seu negócio para derrubar sua reputação.