Como “O Pequeno Príncipe” se conecta ao atendimento?

Você já parou para pensar que um clássico como “O Pequeno Príncipe” poderia fazer conexões com um tema como o atendimento? Confira as conexões de alguns momentos marcantes com o assunto!

Como "O Pequeno Príncipe" se conecta ao atendimento

“O Pequeno Príncipe”, considerada a obra mais célebre do autor francês Antoine de Saint-Exupéry, é uma história que mistura uma experiência real do escritor com uma ficção interespacial inspirada em nosso mundo real.

Cheio de lições sobre um mundo contemporâneo abalado, o livro é uma resposta às Grandes Guerras que, assustadoramente, segue muito atual e cheio de ganchos para tratar dos mais diversos assuntos – como o que usamos aqui.

Claro que você não conecta “O Pequeno Príncipe” diretamente ao atendimento, mas a realidade é que existem muitas analogias além das duas que abordamos nesse artigo. Por isso, da próxima vez que ler o livro de 1943, não deixe de fazer uma análise mais profunda das frases que estão nele.

Fique, agora, com algumas reflexões:

Uma jiboia que comeu um elefante

Numa das primeiras metáforas da história, o narrador nos conta como ele desistiu de um possível futuro promissor como pintor por causa da opinião dos outros. O fato decorreu na infância, sobre seus dois primeiros desenhos: uma jiboia que engoliu um elefante, confundida com um chapéu, e o mesmo desenho com visão para o elefante no interior, o qual foi desconsiderado pelas “pessoas grandes”.

A relação com o atendimento se dá em vários níveis. O primeiro, pela análise da estrutura do desenho do menino-narrador: existem muitos fatos que não conseguimos distinguir num primeiro momento. Assim também funcionam as pessoas: podem parecer “chapéus” mas têm uma profundidade muito maior de significados dentro de si.

Observa-se, ainda, como a falta de empatia pode, facilmente, levar alguém a desistir de algo – o contrário do que você pretende com o atendimento. Se tivesse sido incentivado, quem sabe garoto não teria se tornado um grande artista e não um aviador perdido?

Portanto, para realmente se conectar com o seu cliente e encantá-lo, é necessário deixar os julgamentos de lado e assumir uma postura muito mais compreensiva e promotora. Qualquer outra forma de atendimento tenderá a um egoísmo desinformado e, consequentemente, a um serviço ruim.

A responsabilidade do cativar

Considerada uma das cenas mais marcantes (e fofas!) da obra, o momento em que o Pequeno Príncipe e a Raposa conversam sobre o que é cativar e, ao acaso, acabam cativando um ao outro tem tudo a ver com o atendimento.

Esse processo, segundo a Raposa, depende de três peças que se complementam: a simpatia, a paciência e a constância, cada um deles necessário ao seu tempo. Enquanto a simpatia é essencial para que os envolvidos se identifiquem, a paciência permite que se relacionem no momento ideal para cada um. A constância, por fim, está associada diretamente à geração de rituais afetivos em ambos os lados.

O ponto é que há uma consequência que delimita se realmente houve conquista: “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.” Aqueles que você cativa passam a lembrar de você em momentos especiais e criando uma certa dependência – às vezes, até em quem cativou.

E é com toda essa responsabilidade que você, atendente, deverá trabalhar caso queira atingir um nível encantador. É necessário sensibilidade, calma e a lembrança constante de que o essencial não está visível aos olhos.

Cative e continue a cativar

Esperamos que você tenha se divertido com as lições que esse clássico fundamental pode nos transmitir sobre o atendimento. Inspirar-se é a melhor maneira de entregar um atendimento de excelente qualidade. Enquanto cativa o cliente, você conseguirá promover momentos memoráveis, fidelizá-los e transformá-los em verdadeiros fãs – propagadores da sua Marca.

Nós da Encanto WOW acreditamos que EXPERIÊNCIAS EMOCIONAIS podem mudar a situação crítica do atendimento no Brasil e implementar um atendimento mais sensível, consciente e cativante.

Para conhecer melhor o método perfeito para encantar e sensibilizar os seus clientes, conheça o Encanto Transforma!

Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais para conteúdos exclusivos e avisos sobre mais textos assim. Nosso Instagram é boraencantar e o Facebook boraencantar. Sucesso!