Crenças limitantes: Uma barreira para o Sucesso

Diariamente somos confrontados com nossas crenças limitantes, aquelas que nos norteiam desde sempre. A que nos foi dita até onde podemos ir. E por isso, deixamos de avançar muitas vezes pois nos esquecemos do nosso potencial infinito.

As crenças limitantes geralmente surgem no início da nossa vida, vem da nossa criação, vivências e experiências, muitas vezes de experiências que não passamos, mas que nos são determinadas. Como por exemplo, da criação que nos foi dada pelos pais, eles espelham nos filhos o que viveram e o que aprenderam, se esquecendo que cada ser humano é único e tem suas próprias experiências e percepções.

Infelizmente, muitas pessoas ficam estagnadas nisso e não conseguem avançar por falta de “fé” em sim mesmo. Desconhecem o seu potencial, pois nunca o testaram e passam a temer o desconhecido. A chamada zona de conforto, é muito tentadora, mas é um campo onde não há evolução nem crescimento, apenas estagnação.

Dar um passo rumo ao desconhecido pode ser desconfortável, mas o desconforto é o que faz com que a gente se mexa e procure novas soluções, caminhos, e consiga resolver problemas de forma mais criativa e inovadora.

Sair da zona de conforto, quebrando suas crenças limitantes é o primeiro passo para o nosso sucesso. Mesmo, a palavra sucesso sendo algo individual, portanto relativo. Quando você se permite, expande a consciência para novas possibilidades e isso atrai oportunidades para que consiga criar suas próprias crenças e também quebrá-las.

Esse é o ciclo, são fases que vivemos e precisamos estar em constante movimento para criar vida. Cada fase aprendemos um pouco mais, e sempre surgirão novos desafios para ultrapassarmos.

Afinal, ao quebrar uma crença, pouco tempo depois você entra em outra zona de conforto, então o movimento é repetitivo e constante. Sempre se provocando, buscando aprimoramento e aventuras em um mundo de novas descobertas.