(11) 3316-1122
Escolha uma Página

Um relato emocionante de Ana Clara Demazzo, de 13 anos, repercutiu nas redes sociais recentemente.

A garota, que mora em Americana, município da Microrregião de Campinas (SP), conta que no dia do seu aniversário de treze anos, pediu ao pai que a levasse depois da missa ao Shopping Tivoli, em Santa Bárbara d’Oeste.

Acompanhada da mãe, do pai, da irmã e do cunhado, deixaram o carro no estacionamento, e logo foram abordados por um funcionário muito simpático.

A primeira vista, parecia ter ido atender exclusivamente a família, tamanho o grau de atenciosidade do rapaz.

Ana queria jantar no McDonald’s e comemorar seu aniversário no estabelecimento.

Curiosamente, o rapaz que os atendeu trabalhava lá e fez questão de os conduzir até o restaurante.

Foi abrindo a porta para a família, e os direcionando para uma mesa especial. Levando em conta que Ana usa uma cadeira de rodas para se locomover.

Ela conta que ficou encantada com a boa vontade do rapaz, cujo nome é Clinton, e que sua proatividade se mostrava em cada pequena atitude tomada, como a localização da mesa escolhida, o cuidado com o manuseio da cadeira de rodas e a rapidez no atendimento prestado.

Além disso, Clinton disse que ficaria na fila de pedido ao invés da família, de modo que eles poderiam comemorar com Ana sem a necessidade de ficarem esperando em pé.

“Esse rapaz era muito simpático, [logo] começou a conversar comigo e quando soube que era meu aniversário, me parabenizou e perguntou se ele poderia dar um presente para mim, se eu aceitaria; disse que sim e ele foi para a cozinha e logo depois voltou com um cardápio, se abaixou na minha altura e disse: escolhe um desses sorvetes, eu vou te dar de aniversário,” relembra Ana Clara.

A aniversariante conta que se sentiu “super feliz e sem jeito” pela gentileza de Clinton e que definitivamente não é “todo dia que encontramos pessoas com tamanha empatia”.

Ela então escolheu o sabor, e instantes depois, ele voltou com um sorvete numa mão e uma cartinha na outra.

Na cartinha improvisada em formato de coração, Clinton escreveu: “Ana, o essencial é invisível aos olhos, portanto as coisas mais bonitas da vida não se vê, mas se sente.”

Tocada pela sensibilidade do rapaz, Ana Clara disse que seus olhos “se encheram de lágrimas” ao ler a mensagem.

Ela pediu para tirar uma foto ao lado de Clinton, que prontamente atendeu ao pedido.

Por fim, Ana tirou uma foto com o celular do rapaz, para que “ele jamais se esqueça de mim, como nunca me esquecerei dele”.

Ana Clara conclui seu post dizendo que escreveu o texto “para que todo mundo saiba que ainda existem pessoas de bem, com um coração gigante e de uma empatia sem tamanho! Como ele mesmo escreveu para mim: O essencial é invisível aos olhos…”

O que poderia ser apenas mais um atendimento, de mais um cliente dentre tantos outros a passar pelo estabelecimento todos os dias, se transformou pela boa vontade e proatividade desse rapaz .

Esse atendimento personalizado, emocionante e sobretudo, humano, fez do dia dessa menina um dos melhores de sua vida e, certamente, de sua família também. Um aniversário especial, sem dúvida!

Como diz Ana Clara, “espero um dia encontrar muito mais ‘Clintons’ por aí…”