(11) 3316-1122
Escolha uma Página

Gabriel Pereira é funcionário de uma loja de revenda e consertos de celulares em Itaguaí, cidade carioca integrante da Região Metropolitana. Ele conseguiu devolver o celular furtado de uma mulher (duas semanas após ela ter sido covardemente assaltada), comprando o aparelho do próprio ladrão.

Não, vc não leu errado. Ele ficou desconfiado de uma cliente que apareceu na loja querendo vender um iPhone por meros R$ 50. Tudo ficou ainda mais suspeito quando ela afirmou que o aparelho estava em perfeito estado físico, apenas bloqueado e sem chip.

O vendedor decidiu então comprar o celular e convencido de que ele havia sido roubado, divulgou o caso em diversos grupos e páginas do Facebook, na esperança de encontrar o verdadeiro dono do smartphone.

Na loja em que Gabriel trabalha, a Bazonicell, há uma regra que proíbe todos os vendedores de comprar telefones bloqueados ou com notificações de rastreamento ativadas. Assim que viu o plano de fundo do celular, ele precisou abrir uma exceção em prol de um bem maior.

“Nesses casos, é quase certo que são roubados e é o nome da loja que vai estar em risco. Porém, quando vi a foto no plano de fundo, tive a sensação de que já conhecia o casal que estava na imagem. Com a foto eu sabia que havia mais chance de alguém nas redes sociais conhecê-los”, relatou.

O post original de Gabriel no Facebook, relatando o caso e pedindo ajuda acabou viralizando, recebendo mais de 1000 reações e 600 compartilhamentos. Tamanha repercussão fez chegar a publicação aos olhos de Tsukimara Kesllen, a verdadeira dona do iPhone.

Foi tudo muito rápido: apenas uma hora após o post ter sido publicado, Kesllen já havia descoberto o paradeiro de seu aparelho, e rapidamente entrou em contato com o vendedor. Moradora de Itaguaí, no mesmo dia foi até a loja de reparos e recuperou seu iPhone.

Bastante agradecida, a jovem tirou fotos com Gabriel e usou suas redes sociais para agradecê-lo imensamente pela sua boa ação e caráter.


Foto: Reprodução / Gisele Barros

“Hoje consegui resgatar meu celular que foi roubado há 2 semanas. Gabriel é uma pessoa de ótimo caráter e bom coração e teve a atitude de me devolver o celular. Ainda existem pessoas honestas nesse mundo, e esse rapaz mostrou isso! Obrigada a todos que compartilharam para chegar até a mim, e aos amigos que me marcaram também!”, escreveu Kesllen.

Gabriel disse que foi integralmente reembolsado com o dinheiro que gastou na compra do aparelho roubado, e que Kesllen aproveitou sua ida à loja para adquirir um carregador novo, já que o anterior também havia sido lamentavelmente furtado.

O rapaz lamentou que o local onde trabalha não tenha câmeras de segurança, pois, com o auxílio da captação de vídeo, poderia identificar a mulher que lhe vendeu o celular e outros dois homens que a acompanhavam.

“De todo jeito, foi muito gratificante ajudá-la e fiquei muito feliz com o final da história. Recebi vários relatos de gente que teve o celular roubado e deu a mesma sorte de recuperá-lo. Ainda existem pessoas do bem!”, comemorou Gabriel.

Compartilhe o post com seus amigos! #boraencantar